Novo Cd de Augusto Canário à Desgarrada com… elas

A MULHER sempre teve um papel muito importante na sociedade.
Mesmo nos tempos em que era muito desvalorizada, não raros são os factos
históricos em que se descreve o seu valor, enquanto ser humano, enquanto
garante da continuidade das sociedades, não só no seu papel de mãe, outrossim
no seu papel de mediadora nas relações pessoais, humanas e sociais.
Nos tempos atuais, o papel da Mulher na sociedade é absolutamente fundamental,
indispensável e a merecer muita atenção por parte daqueles que a não consideram, só porque é mulher.
Enquanto Cantador ao Desafio, tendo como preocupação maior a preservação,
manutenção e valorização desta ancestral prática de música tradicional – os Cantares ao Desafio– Augusto Canário
sempre teve uma grande consideração pelo papel das mulheres enquanto cantadeiras. Para além do aspeto brejeiro, tão do gosto popular, especialmente na região de Entre-Douro-E-Minho, conferem ao cantar uma graça, uma frescura
e momentos de picardia, completamente únicos e encantadores, na generalidade dos casos.
Sendo uma prática, em tempos mal vista pelas comunidades rurais, onde a prática do cantar ao desafio era
mais usual, assistimos hoje a um considerável aumento de mulheres, jovens e de mais idade, a cantar ao desafio e/ou à desgarrada.
Dando corpo a um projeto de registo, gravação, edição e divulgação de cantares ao desafio, com cantadores
e cantadeiras de várias regiões e idades, este cd é dedicado às cantadeiras. Elas…
treze excelentes cantadeiras… treze desgarradas, com: Cristiana Sá, Adília de Arouca,
Cláuida Martins, Naty Vieira, Vanessa Teixeira, Maria Celeste, Diana Fraga, Marta Azevedo,
Liliana Oliveira, Carminda dos Arcos, Catarina Campo, Irene de Gaia e de Cátia Pereira.

Partilhe...
Share: